5 DICAS PARA PLANEJAR SEUS MÓVEIS COM POUCO ESPAÇO

5 dicas para planejar seus móveis com pouco espaço

Mobiliar sua casa com um design personalizado deve ser um prazer e não um problema. Com tantas opções no mercado é preciso ter muito critério e atenção, principalmente se o imóvel tem pouco espaço disponível.

Pessoas solteiras e casal sem filhos em geral optam por um imóvel pequeno quando começam um projeto de vida. Em qualquer caso, a boa notícia é que existem tantas ofertas no setor de planejados que absolutamente todos os cômodos da sua casa ou apartamento podem ser aproveitados.

Então, se pouco espaço é o problema, relaxe! Aproveite as 5 dicas que preparamos para que o seu sonho seja realizado, sem aquelas surpresas nada agradáveis.

1 – ORÇAMENTO COM O PÉ NO CHÃO

Primeiramente, faça em casa um esboço do que você tem em mente para incluir no projeto. Se for casado, atenção! É importante o casal trocar várias ideias para que o resultado atenda o desejo de ambos.

Este rascunho é extremamente importante, pois seja qual for o fornecedor escolhido ele tentara adequar seu projeto à realidade do ambiente e ao orçamento disponível.

Inclua no esboço quais os móveis, eletrodomésticos e utensílios que você não abre mão. Cada detalhe do projeto vai considerar as medidas desses objetos e fazer a correta distribuição na hora de instalar os móveis sob medida.

É hora do passo seguinte: fazer o orçamento. Comece a maratona de visitas às lojas, fornecedores e especialistas. Tenha em mãos todas as informações anotadas no seu rascunho, desde as medidas do imóvel até seus desejos mais importantes. O profissional competente não deixa escapar nenhum detalhe, por isso é importante que você saiba exatamente o que quer. Pode apostar, isso vai afetar diretamente o valor e a realização do projeto.  

5 dicas para planejar seus móveis com pouco espaço

2 – VÁ PESSOALMENTE EM VÁRIOS FORNECEDORES

Evite fazer seu orçamento confiando apenas em contatos pela internet e telefone. As empresas sérias dão preferência pelo contato pessoal, inclusive gostam de visitar sua casa ou apartamento para ver o quanto de realidade podem aproveitar suas ideias, acrescentando ou retirando itens.

Faça contato com várias lojas, evite se prender a um só fornecedor. Converse com vendedores, especialistas, designers, arquitetos e tente captar deles a visão precisa do que é adequado fazer e quanto vai custar.

Algumas lojas cobram essa consultoria e fazem um projeto desde que você assuma certo compromisso. Mas, se fizer você uma busca completa e tiver suas anotações bem claras, será possível conseguir muita informação útil sem custo adicional.

3 – FAÇA MEDIDAS EXATAS

Medir corretamente cada cômodo do seu imóvel não serve apenas para facilitar a vida do projetista. Se você tiver em mãos a medida certa e os detalhes do que pretende a negociação será mais fácil e próxima da sua realidade.

Obviamente a medição final será feita pelo profissional que você contratar. Todas as empresas fazem sua própria medição, pois constará em contrato que os custos adicionais por erros de medida serão assumidos pelo fabricante.

Porém, sua maratona em busca do projeto ideal será mais gostosa e produtiva se suas anotações e medidas forem corretas.

móveis com pouco espaço

4 – INFORMAÇÃO É TUDO

Faça uma pesquisa detalhada sobre todos os detalhes do seu esboço. Descubra que materiais e acessórios são os mais adequados para pequenos espaços.

Questione o vendedor sobre alternativas mais práticas para seu projeto, não se contente com a primeira oferta.

Em geral, o designer de uma loja e o arquiteto responsável dão mais atenção a projetos grandes. Isso aumenta a chance de não darem foco ao seu projeto por se tratar de um espaço limitado.

Neste caso, a dica é ter “jogo de cintura” e ser gentil na hora de negociar o projeto. Não precisa ser tão apelativo, basta usar duas armas poderosas que você tem: a emotividade e o poder de opinião. Nada assusta mais uma empresa do que um cliente insatisfeito com o atendimento!

5 – SEJA REALISTA E OTIMISTA

Lembre-se, você está planejando a melhor mobília possível. O máximo de beleza e conforto dentro do REAL ESPAÇO disponível.

 

Aproveitamento perfeito não é o mesmo que preencher todos os cômodos da casa a ponto de prejudicar a mobilidade e a boa convivência. É importante priorizar aquilo que você realmente deseja, isso significa prescindir de certos objetos decorativos e utilitários.

Este conceito bem resolvido no início vai facilitar o andamento de todas as outras etapas do projeto.

 

Pense além da beleza. Pergunte a si mesmo quais são as necessidades específicas de cada um da residência, como ela vai acomodar confortavelmente as visitas, e principalmente como o projeto pode contemplar um ambiente agradável que atenda ao seu dia a dia.

móveis com pouco espaço

Saiba ouvir com atenção as dicas do vendedor ou projetista. Receba as sugestões de mente aberta. É claro que um bom profissional da área não vai querer apenas vender mais, sabendo das limitações do espaço. Ele vai ter dicas valiosas, então é importante considerar tudo antes de tomar uma decisão.

Entre no site da MÓVEIS PLANEJADOS e descubra mais sobre esse universo de possibilidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *